O Apogeu de um Homem é Ser o Sol

Apollo e os Continentes (ou as Horas) de Giovanni Batista Tiepolo

Todos temos em nossa natureza a necessidade de sermos respeitados, de expressar nossa individualidade, porque todos temos um Sol dentro de nós. Você também pode chamá-lo de Alma, Purusa, ou outro termo que queira. E você deve estar também consciente de que você tem um Ego que atrapalha o cumprimento do seu destino, que precisa ser visto, compreendido e sobreposto. O papel do Sol como centro, líder do seu sistema e rei dos demais Grahas é o de se fazer respeitar através da expressão ela mesma de suas qualidades. O Sol não precisou convencer ninguém a segui-lo, sua liderança se faz naturalmente, ao inspirar a admiração dos outros entes.

As qualidades do Sol são as de iluminar, aquecer, sanar, centralizar, e finalmente, liderar, que quer dizer fornecer força gravitacional, estabelecer uma rota, dar direção, uma missão para cada Graha e cada alma que habita seu sistema. Nesse sentido, ele fornece identidade, segurança e vida a todos os outros entes mortais e imortais. Ao sustentar a ordem gravitacional e o movimento dos planetas, o Sol deu origem à Ordem cósmica, à Rta. É em função desta que criamos a contagem do Tempo, e é graças à sua luz e seu calor que a vida cresce no nosso planeta. Portanto, a função do Sol é a de Pai, e é por tudo isso que ele é o Rei acima de todos os reis e que nós, como seus filhos mortais, temos uma pequenina porção dele dentro de nós. Esta porção é aquela que anima, dá movimento e vida aos corpos.

É sendo como o Sol em nossas próprias vidas, dando expressão a estas qualidades, criando ordem e iluminando o nosso entorno, que nos fazemos respeitar, por nós mesmos e pelos demais.

A natureza do Sol é masculina pois é fixa no centro da Galáxia, portanto estável. Também por que o Sol é o maior e mais forte, como é o homem se comparado à mulher, à criança e ao idoso. É feito de fogo, se preciso ele agride para restabelecer a Ordem, mostrando com sua luz o erro e reduzindo-o a cinzas. Neste sentido ele afugenta todo o mal. O físico, como a doença e o criminoso, e o espiritual, como os vícios e os demônios: o Sol é Sattva. Ele é o olho vigilante e o coração da Galáxia. Seu amor é incondicional, e somente a Lua, que também é Sattva, é capaz de amar tanto quanto ele.

O Sistema Solar se traduz na relação do Sol com os demais Grahas à medida que gravitam à sua volta. Os demais corpos celestes o reconhecem como líder por que o Sol é capaz de fornecer tudo aquilo que já mencionei acima. Isto quer dizer, que todo líder e rei, assim como o Sol, o são por que desempenham também uma função no sistema. Todos têm um trabalho a executar, até mesmo o Sol e os reis. Portanto se você é ou aspira a expressar as qualidades do Sol, você obedece a esta ordem autoimposta, e como Arya, você reconhece o dever de garantir que a Ordem seja mantida.

Você ilumina, dá uma direção e mantém Mercúrio como o ente mais próximo. Mercúrio é o príncipe, a criança do Sistema Solar, ele é o seu filho. Eu disse filho, não filha. E você quer dar ao seu filho lugar de destaque na sua vida, você vai observá-lo de perto, para protegê-lo e para que ele aprenda com você como vir a ser um Sol no futuro. Mercúrio, seu filho, é o ser que mais precisa da sua luz e da sua proximidade. Ele é o menorzinho de todos os corpos celestes, é frágil. É difícil o mundo masculino, principalmente quando se é frágil. Crianças sem pai ou sem uma figura masculina que o substitua são como Mercúrio sem o braço direito. A criança sem figura paterna é excluída de toda a família paterna, da convivência e do conjunto de ensinamentos, da história que vem com esta linhagem, por isso tem muito mais dificuldade de saber quem é, de onde veio, para onde vai, enfim, de identificar sua rota, seu destino. Essa é a primeira missão de quem ocupa o papel do Sol, se falhar nela, é incapaz.

O segundo planeta em proximidade a você é Vênus. Se você leu a frase anterior e achou que é por que Vênus é sua companheira, você precisa muito deste texto! Vênus é a princesa, ela é sua filha. Vênus ocupou na sua vida o papel de namorada quando você era Mercúrio, um menino. Ela foi sua amante quando você ocupou o papel de Marte, porque Marte não sabe se vai voltar da guerra, ele não pode oferecer compromisso a ela. Mas você quer ser o Sol, o pai, você quer ser o criador e protetor. Vênus, a sua filha, precisa de você para isso, mas ela é delicada demais e tem qualidades antagônicas às suas, ela é feminina. Para protegê-la, olhá-la, fornecer-lhe luz, segurança, auto confiança, você tem que tê-la por perto, mas não perto demais, para não queimá-la. Ou seja, para não queimar suas qualidades. Você não quer que ela negligencie sua própria natureza tentando se tornar como você. O destino dela é crescer e se tornar uma rainha ou guru, não um rei. Se você não entender isso, vai arruinar as chances de ela se realizar em um casamento e como mãe, a menos que ela case com um servo. No entanto, se um homem aceitar a posição de servo dela, ele não se realizará como Sol e por consequência, a família dela não terá a estabilidade que só o Sol fornece. Ela vai ficar esgotada tentando ser um Sol para os filhos. Você precisa compreender esta dinâmica: nem tão perto nem tão longe. Meninas que não são iluminadas pelos olhos dos seus pais na infância crescem carentes, com baixa auto estima, e não têm um referencial saudável de homem para buscar.

O terceiro planeta a estar mais próximo de você é a Terra, o solo, a base, a fundação, o lar. Você não pode se afastar demais, por que você também precisa de um lar e de um lugar para descansar. É lá que está a sua maior base de apoio: a Lua, sua esposa e mãe dos seus filhos. A Lua brilha muito maior, mais forte, mais bela, mais encantadora para quem está na Terra, do que Vênus, precisamente porque ela está sempre lá, próxima, comprometida. Este Graha passa a eternidade girando em torno da Terra, assim como você ela é um Graha Luminoso, ela também cria vida mortal no único planeta que a contém deste sistema. Ela é atarefadíssima, também tem uma responsabilidade tão grande quanto a sua, se enche, adquire o formato de um berço, desaparece em exaustão, reaparece mais uma vez como um berço, volta a encher-se e esse ciclo nunca tem fim. O ciclo dela é muito curto, são 28 dias de oscilação intermitente: a Lua é naturalmente instável. O que você precisa entender sobre a Lua e sobre seu casamento é que a luz que ela irradia para cumprir com seu destino vem de você. Se os seus olhos não iluminarem a sua esposa, se ela não se sentir apreciada e desejada, se você não procurar por sua companhia, não mantiver os laços de amor e amizade fortes, a função dela deixa de existir. Não vai haver vida no seu sistema, ela vai fica instável, deprimida, e ao se tornar um ser inútil, um estorvo, seu casamento está condenado a 2 fins possíveis: 1. Ela se sublima até desvanecer-se na escuridão; 2. Na tradição hindu Chandra é o deus da Lua, e ele tem o hábito de cortejar as mulheres dos outros e levá-las embora consigo.

O quarto planeta a estar mais próximo de você é Marte. Porque você precisa de amigos, precisa dos seus irmãos com você. Assim como você precisa de apoio, e eles precisa do seu direcionamento. Além de irmão e amigo, Marte é o guerreiro e o revolucionário, sem sua gravidade para guiá-lo, uma ordem a cumprir, ele se torna um criminoso, um perigo para a sociedade. Você deve ter Marte em íntima proximidade com você se quer ser um Sol, pois assim como a exaltação do Sol está em Áries, é no campo de batalha que se fazem os reis. Isto significa que antes de ser rei, você precisa ser homem, precisa lutar, voltar vivo dela, e aclamado pelos guerreiros. Como homem você não consegue expressar o Sol que há no seu âmago se não obtém o reconhecimento de outros homens em uma área masculina. Lamentar-se não vai transformar a natureza, muito menos o Sistema Solar. Ou você consegue, ou você procura outro objetivo para a sua vida, que não o de ser o Sol. E há outros igualmente dignos.

Em seguida vem Júpiter, o Guru, o sacerdote, o mestre, o juiz, o seu pai. Ele é tão grande que exerce influencia até mesmo sobre o rei do Sistema. O Sol leva 12 anos para dar uma volta completa em torno de seu eixo, assim como Júpiter leva 12 anos para dar uma volta completa em torno do Sol. Você precisa respeitar o papel de Júpiter nesta hierarquia, saber pedir a opinião e o conselho dele, consultá-lo. Ele tem o papel de manter a harmonia entre a esfera espiritual e a material, de ensinar a Ordem, as leis, e a fé para os mortais. Enquanto sacerdote ele traz para a terra o contato com os deuses, mantém a ligação entre você e seus filhos mortais e de sustentar a Ordem cósmica.

Por fim, vem Saturno na ordem de proximidade para com você. Saturno é o seu avô e todos os anciãos, é um concentrado de experiência e sabedoria a lhe serem úteis. Saturno nos faz lembrar do passado, da história de todos os que vieram antes de nós, conta as virtudes e os vícios da humanidade. É o Senhor do Karma. Saturno também é o produtor, o servo, o súdito, ele é o seu povo. Um rei que não conversa com seu povo não sabe do que eles precisam e assim não pode orientá-los na resolução dos problemas da sociedade. Assim também quem não conversa com seus empregados não faz ideia do funcionamento de sua propriedade ou empresa, e não consegue geri-la. Para ser o Sol, você precisa reconhecer isto e ter a humildade de iluminar aos seus subordinados.

A cada Graha e ente na sua vida que você ilumina, você recebe de volta a sua própria luz refletida neles. Isto é a gratidão, o reconhecimento e o respeito. É observando a natureza, o Cosmos, e comparando-se para compreender seu papel e destino na Ordem, que se pode reconhecer o direcionamento que o Sol deu a cada mortal. E assim, executar sua função, expressar ao máximo suas capacidades, brilhar não só para si próprio mas para todos que o circundam. Este é um resumo do papel do Sol, e do destino através do qual um homem se realiza na vida. E é também o conjunto de diretrizes que o Sol ordena a cada homem, que ele espera que aqueles que desempenham o papel de Guru tragam como ensinamento, e que os homens tenham a clareza de espírito para absorver e reproduzir.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close